Atendimento ao cliente

11 2894-9991 / 2894-9992

leac@leaclab.com.br

KIT ELISA

Hormônio de Crescimento (GH) Humano

Hormônio de Crescimento (GH) - ELISA


Informação:

O hormônio de Crescimento (GH - Growth Hormone) é membro de uma família de proteínas da qual faz parte a Prolactina e o Hormônio Lacto Placentário. O hGH humano contém 191-aminoácido, 22 Kda de proteína produzido e armazenado em células específicas (somatotróficas) da glândula pituitária anterior. OGH é liberado pela pituitária na corrente sanguínea de maneira pulsatil sob controle da Somatostatina e Fator de Liberação de GH (GHRF).

O GH possui profundo efeito no crescimento dos tecidos e no metabolismo. Muitas dessas ações mencionadas são mediadas através da produçãoGH-dependente da Insulina-ligada ao fator de crescimento (IGF-I e IGF-II) e a sua associação a proteínas de ligação. O GH aparentemente estimula a produção de IGF após a ligação a receptores específicos na superfície das células do fígado e, possivelmente, outros tecidos. Receptor de hormônio de Crescimento esta presente apenas no soro.

A deficiência na secreção de GH pode ocorrer em inúmeras condições clínicas. Em crianças, a deficiência de GH resulta em diminuição do crescimento esquelético e mudanças na composição do corpo. Em adultos, a deficiência deGH tem sido associada com decréscimo de massa muscular, aumento de gordura corporal, e mudanças na distribuição de gordura.

Excesso de GH, ou acromegalia, não é um diagnóstico incomum em adultos e pode ser causado pela hipersecreção direta de GH ou por excesso secundário de GH por hipersecreção deGHRF. Elevadas concentrações séricas de GH, que falharam à supressão normal em resposta a glicose, são observadas nestas desordens. Excesso de GH pode ter efeitos clínicos severos e adversos, incluindo desenvolvimento de cardiomiopatia, lesões ósseas, e intolerância a glicose. Excesso deGH em crianças, ou gigantismo pituitário, é uma desordem rara, cujo resultado é um crescimento linear excessivo, cardiomiopatia e intolerância a glicose. Acromegalia não tratada e gigantismo pituitário estão associados com alta morbidade e mortalidade.
 

Espécie: Humano


Formato: ELISA


Volume: 96 testes


Tipos de mostras: Soro, plasma, tecidos homogeneizados, lisados de células, sobrenadantes de cultura de células e outros fluidos biológicos


Intervalo de Curva: 0.156-10ng/mL


Sensibilidade: 0.065ng/mL

Entre em contato!

Preencha os campos abaixo e
aguarde nosso retorno.