Atendimento ao cliente

11 2894-9991 / 2894-9992

leac@leaclab.com.br

KIT ELISA

Tiroxina (T4) ELISA Kit - Multi-espécie - K050-H1 / K050-H5

Thyroxine (T4) - MULTI-ESPÉCIE

Multi-formato -
faixa padrão de 20-0,63 ng/mL ou 2.000-63 pg/mL
Amostra - Soro, Plasma, Urina, Meio e Extratos Fecais Secos
Amostras / Kit - 40 ou 232 em duplicata
Sensibilidade -  <0,3 ng / mL no formato 10μL

Informação:
O kit DetectX® Thyroxine (T4) ELISA foi projetado para medir quantitativamente o T4 presente no soro, plasma EDTA, amostras de meios de cultura de tecidos e extratos fecais. Um padrão de tiroxina é fornecido para gerar uma curva padrão para o ensaio e todas as amostras devem ser lidas na curva padrão. Padrões ou amostras diluídas são pipetadas para uma placa de microtitulação transparente revestida com um anticorpo para capturar anticorpos de camundongo. Um conjugado tiroxina-peroxidase é adicionado aos padrões e amostras nos poços. A reação de ligação é iniciada pela adição de um anticorpo monoclonal ao T4 em cada poço. Após uma hora de incubação, a placa é lavada e o substrato fornecido é adicionado. O substrato reage com o conjugado T4-peroxidase ligado. Após uma incubação de 30 minutos, a reação é interrompida e a intensidade da cor gerada é detectada em um leitor de placas de microtitulação capaz de medir o comprimento de onda de 450 nm. A concentração do T4 na amostra é calculada, após a correção adequada para a diluição da amostra, usando o software disponível na maioria dos leitores de placas.

A tiroxina, também chamada tetraiodotironina (T4), é um importante hormônio tireoidiano sintetizado pela glândula tireóide e lançado na corrente sanguínea, junto com o T3 - triiodotironina. Cerca de 50% dos hormônios liberados pela tireóide consiste, normalmente, de tiroxina (T4), enquanto a triiodotironina (T3) corresponde aos outros 50%. Os dois, tanto o T3 e o T4 servem para regular o metabolismo.

A tireóide armazena quantidade suficiente de hormônios T3 e T4 para suprir o organismo humano cerca de 30 dias sem nenhuma síntese de novos hormônios. Os sintomas de um hipotireoidismo, portanto, só aparecem cerca de um mês depois do início do problema. Cerca de 1/3 da tiroxina (T4) produzida é convertida em triiodotironina (T3) antes de atuar no metabolismo das células.

Entre em contato!

Preencha os campos abaixo e
aguarde nosso retorno.